Vem aumento por aí! Apple cobrará mais caro para trocar bateria do iPhone

Márcio Padrão
Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

    Troca de bateria do iPhone custará dos atuais R$ 149 cobrados para R$ 329 ou R$ 449

    Troca de bateria do iPhone custará dos atuais R$ 149 cobrados para R$ 329 ou R$ 449

Se a bateria do seu iPhone estiver muito ruim, melhor trocá-la até o fim deste ano. No embalo do lançamento dos novos iPhones de 2018, a Apple brasileira anunciou nesta semana um aumento de preço para realizar este serviço aos consumidores.

Os donos de iPhones antigos e fora da garantia que quiserem trocar a bateria pela assistência oficial da Apple terão que pagar mais caro a partir de janeiro de 2019, indo dos atuais R$ 149 cobrados para R$ 329 (antigos) e R$ 449 (iPhone X e os novos).

VEJA TAMBÉM

Veja o que disse a empresa:

Até 31 de dezembro de 2018, a taxa do serviço de bateria fora da garantia é de R$ 149 para todos os modelos qualificados de iPhone 6 ou posterior. O serviço de bateria no valor de R$ 149 pode estar limitado a um reparo por iPhone. Depois do dia 31 de dezembro de 2018, a taxa será alterada para R$ 329 para todos estes produtos exceto o iPhone X que será alterado para R$ 449.

Abaixo, o antes e depois dos preços:

Até 31 de dezembro de 2018:

  • iPhone SE, iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8, iPhone 8 Plus, iPhone X: R$ 149
  • Todos os outros modelos qualificados: R$ 449
Após 31 de dezembro de 2018:
  • iPhone SE, iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8, iPhone 8 Plus, iPhone X: R$ 329
  • iPhone X, iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR: R$ 449
  • Todos os outros modelos qualificados: R$ 449

Um dado interessante é que a Apple brasileira incluiu os novos iPhones XS, XS Max e XR na lista dos aparelhos assistidos, o que é um forte indicativo de que os modelos serão lançados no Brasil, como a empresa costuma fazer todos os anos.

Para entender melhor essa alteração de preços, vamos refrescar sua memória sobre a polêmica envolvendo as baterias dos iPhones mais antigos.

A polêmica redução de desempenho

Em dezembro de 2017, a Apple confirmou suspeitas de usuários de que tornava alguns iPhones antigos mais lentos. A empresa diz que lançou uma função para reduzir picos instantâneos de energia apenas quando precisa prevenir que o dispositivo seja desligado de forma inesperada.

Na prática, isso significa reduzir a velocidade do desempenho dos celulares (por meio de atualização de software) em aparelhos antigos, que estejam com a bateria gasta.

Um iPhonão desse, bicho

Arte/UOL

Manda mais que está pouco: com iPhone XS Max, a Apple se rendeu à telona! Relembre a evolução

Leia mais

O problema é que o fato só foi percebido após análises de testes de aplicativos de benchmark (testes de desempenho) apontarem isso. A companhia, contudo, caiu em escrutínio pela falta de transparência com os usuários. Em nenhum momento os donos dos smartphones foram informados da atitude da empresa.

Dias depois, a Apple publicou um comunicado em que pediu desculpas aos consumidores pela falha. Para compensar o mal-estar, a empresa deu um desconto para a troca da bateria de todos os seus iPhones. O valor pago pelo serviço passou a custar R$ 149 --antes, era R$ 449.

Contornado o problema ao longo deste ano, agora a Apple vai reajustar novamente o preço deste serviço para o valor antigo. Portanto, se ainda quiser o desconto, procure o suporte da empresa o quanto antes.

Hands on: veja a diferença entre os iPhones XS, XS Max e XR

Últimas notícias Ver mais notícias